26 de set de 2009

Nova visão!!!!!


Pensar sobre a diferença existente entre o tipo de currículo que é dado no diurno para alunos do ensino fundamental e a EJA é algo que parece distante, porque só quem trabalha na EJA para entender o tipo de aluno que tem e suas necessidades.Nós educadores educamos os sujeitos para a vida/mundo, mas no (EJA), os indivíduos adultos já trazem uma bagagem de experiências da vida, mas ainda não conseguiram se apropriar da leitura e da escrita, pois em algum momento afastaram-se da escola devido a fatores sociais, econômicos, políticos e/ou culturais.Pode-se dizer que a EJA vem atuar no campo dessas desigualdades, onde devido a necessidades ou falta de recursos esses alunos não puderam freqüentar a escola no tempo devido, é preciso buscar maior igualdade social.
Sem dúvida faz-se necessário trabalhar a partir das experiências e da realidade do nosso educando seja ele adulto, jovem ou criança , buscando um currículo integrado, trabalhando com conteúdos significativos, buscando o diálogo ou seja, produzir significado ao que é falado, oportunizando a participação/interação de todos com suas singularidades e especificidades em sala de aula. No currículo integrado busca-se uma educação para a formação de uma sociedade, onde as pessoas tenham capacidade de crítica, que sejam solidárias, autônomas, vivendo em uma democracia, assim ele se difere das áreas de conhecimento tradicionais “currículos por disciplina” surgidos com a modernidade.

Um comentário:

Luciane Mota disse...

Marta, o público da Eja, chega na escola com um história de educação "negada", ou seja retorna na maioria das vezes por pressão social, ou seja a motivação é por exemplo mudar de setor em seu trabalho, isso significa ganhar mais, mas também se tornar participante ativo na sociedade.Por isso como você fala a importância de trazer as experiências de vida, fazer da alfabetização a porta para a mudança social, que participe ativamente da sociedade, do mundo e que faça uma leitura crítica de mundo como fala Paulo Freire, para isso o professor também precisa estar motivado para que ocorra uma aprendizagem melhor.Bjs.

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios