4 de set de 2008

Perspectiva Democràtica!!!!!!

Escrever sobre democracia é: “parar pra pensar se realmente sei o significado desta palavra e se vivo realmente uma democracia dentro da realidade que estou inserida”

Entendo que dentro de uma perspectiva democrática um dos fatores principais é a participação onde os cidadãos precisam, “fazer parte, tomar parte e sentirem-se parte de uma construção” Bordenave (1994,p.8). Assim para haver uma real democracia dentro do ambiente escolar se faz necessário que toda a comunidade escolar (pais, alunos, professores, funcionários e direção) em conjunto se envolva nas decisões que são tomadas visando o melhor para todos, objetivando ações realizáveis dentro dos recursos disponíveis, tendo como base o seu contexto, sua realidade local.

Muito se luta e lutou por uma gestão democrática, aconteceram avanços, autonomia da escola, planejamento participativo, eleição de diretores, conselho escolar, repasses regulares de verbas para aplicação nos recursos desejados pela escola e posterior prestação de contas, construção participativa do Projeto Político Pedagógico. Mas ainda vivemos sobre as decisões de Estado (Conselhos de Educação, secretarias municipais e estaduais, Ministério da Educação), somos obrigados a redigir pareceres e conceder ao aluno um conceito, nossos alunos e também nós professores e a instituição que trabalhamos recebem avaliação, há provas, provinhas que desenham um gráfico de aproveitamento do sucesso e fracasso escolar, quer dizer que, no final o que importa é se o aluno sabe ou não sabe, assim podem ver se a Escola e seus professores fazem ou não um bom trabalho. O que é levado em consideração não é a caminhada de cada um, mas sim a NOTA final que lhe foi dada.

Será que podemos então pensar que isso faz parte da democracia, sermos obrigados a fazer coisas que não concordamos, mas que nos é imposto????

2 comentários:

Suelen Assunção disse...

Martinha querida!
O teu último questionamento, para mim, é algo de se pensar realmente.
Perante estas imposições - colocadas por ti - e obrigações, onde mora a democracia?
No início de teu texto falas que "um dos fatores principais é a participação onde os cidadãos precisam 'fazer parte, tomar parte e sentirem-se parte de uma construção'" (Bordenave, 1994 apud Marta, 2008).
Desta forma, será que o sentido da democracia não é, para cada um, sua, singular, impossível de ser generalzada?
Falo isto porque, na citação acima, falas que é preciso sentir-se parte da construção. Creio que algumas pessoas realmente sentem-se "parte" da construção, mas outras não.
E agora?
Beijão no coração
Suelen - tutora da sede - Seminário Integrador V

Gláucia Henge disse...

Olá Marta! Sua reflexão sobre o que é realmente a democracia exige de cada um profundas "mexidas" nas suas convicções. Chamou-me atenção, especialmente, a questão de se fazer algo por obrigação é de fato um aspecto da democracia. Bem, talvez seja, talvez não seja. Mas, um ponto essencial de viver de fato em democracia é todos terem comuns DIREITOS e DEVERES, ainda que os direitos não sejam os ideais, nem os deveres os mais prazerosos...

Abraços, Gláucia - tutora Org. Ens. Fundamental

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios