24 de mai de 2010

Avaliação!!!!

Durante a semana que passou conversei  com a professora titular sobre a turma 5A3, afinal é final de trimestre e ela estava preocupada com  a avaliação, tanto é que havia me pedido para incluir no meu planejamento avaliação escrita( prova), formal e individual. Tenho que relatar que não estava preocupada com a avaliação em si, porque  pra mim tudo que eles fazem é motivo de avaliação, só assim consigo acompanhar o progresso do meu aluno, mas como ela precisava de "comprovantes" para mostrar para os pais, entreguei os trabalhos que já havia guardado e também fiz as avalições que ela pediu. Não sei se felizmente ou infelizmente, as avaliações individuais vieram de encontro ao que já era percebido, porque a maoria dos alunos que não acompanha a turma, ou que não consigo atingir, são aqueles que não conseguem se concentrar, ter a atenção no que estão fazendo, as atividades não os interessam e  estão mais preocupados no que os rodeia ( pode até ser um lápis que caiu no chão, ou a cortina que balançou), do que com eles próprios,  tudo os distraem e assim acabam se prejudicando.
Apesar disso estou feliz, porque percebo que consegui atingir alunos que eram dependentes, que não caminhavam sozinhos e que esperavam pelo outro. As atividades que estou proporcionando está modificando a maneira de pensar e agir de alguns alunos e também a vontade  que tenho deles serem independentes está sendo percebida, e isso é muito bom. 
Tanto é que até conseguimos montar "tipo" um mapa conceitual, com a participação de todos, sobre o Rio dos Sinos, onde as palavras foram se encaixando e as conexões feitas para depois serem elaboradas frases e produção textual.

Um comentário:

Rose disse...

Olá Marta!
Lendo tua reflexão percebo que fazes uma avaliação do antes edo depois que pegaste essa turma para realizar teu estágio.
tua preocupação com a aprendizagem mostra que cada vez mais consegues integrar a prática com as teorias que vem estudando durante o curso. Muito o olhar que tens para cada aluno e alguns já conseguem "caminhar" sozinhos, penso que como conseguiste fazer esses independentes poderia montar uma estratégia para chamar atenção dos dispersos, evidente que cada indivíduo é único e tem suas particularidades, mas, sabendo a profissional que és tenho certeza que conseguirá tirá-los dessa "desatenção".
Continua na luta e tenho certeza que o final será muito satisfatório.
Abraços, Rose

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios