17 de mai de 2010

Aprendizagem significativa

Esta semana posso dizer que realmente tive uma aprendizagem muito importante, constatei que meus alunos tem emoção, que sabem demonstrar isso e que por trás de um aluno agitado, agressivo e muitas vezes desatento ou mesmo do aluno aplicado e quieto , existe um sujeito que necessita de carinho, atenção e da família.
Acredito que hoje em dia , a escola tem muitas funções que não cabem a ela, e que a familia está deixando de lado o seu papel principal, que é o "olhar", a "atenção, o "dar valor para as pequenas coisas" que os filhos fazem . A criança necessita de amor, limites, conversa, entendimento e hoje mais do que nunca, as familias não acham tempo para isso. A preocupação maior é o "ter" e como ter alguma coisa, precisam trabalhar e deixam os filhos para outras pessoas cuidarem (ou muitos se cuidam sozinhos) e para a escola educar.  
Uma mãe disse na apresentação de sábado que ela gostou de ficar com o filho e ver ele se apresentar de poder participar das brincadeiras , porque em casa não faz isso e não tem tempo para ele, que é bom esses momentos na escola onde ela pode dar atenção para seu filho.
Posso relatar que a atividade de sábado valeu, mesmo que apenas 8 mães(havia entre estas tia e avó) tenham participado, mas haviam 18 alunos que deram valor para o que a escola proporciona para as famílias e compareceram na apresentação que foi muito emocionante e linda.
Espero que estas crianças lembrem quando forem adultas de como é importante participar da vida dos filhos, mesmo que seus pais não participem da sua, pelo motivo que seja , e espero que eles façam o possível para estar presente em todas as oportunidades oferecidas, porque estas serão lembradas para a vida toda.
 Infelizmente na comunidade que trabalho os pais não participam muito, mandam os filhos para a escola e muitas vezes  nem buscam boletim e nem comparecem quando são chamados, também não dão valor aos cadernos e trabalhos realizados.
Penso que estas crianças são vencedoras porque  caminham muitas vezes sozinhas, sem muito incentivo, mas com muita cobrança .

Nenhum comentário:

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios