17 de mai de 2009

Método Clínico

Apliquei o método clínico com meu estudo de caso Rafael, (19 anos) , tem laudo de 2002 de DMM com déficit percepto-motor. Foi muito interessante poder aplicar com ele este teste, porque ele já é um adolescente e assim pude realmente constatar que a idade cronológica não interfere no estádio que o sujeito se encontra, porque o Rafael ainda se encontra em um estádio digamos inferior a idade cronológica pré-estabelecida ou convencionada para os estádios .
Foi muito interessante ouvir e ver as argumentações que o Rafael dava quanto a conservação de liquidos. Ele é bastante esperto, mas em um determinado momento suas argumentações já haviam se esgotado e não sabia mais o que dizer, quando o líquido era trocado de copo.

Descrição do contexto da aplicação da prova
O aluno foi solicitado que nos acompanhasse na biblioteca da escola, pois este é um lugar calmo e silencioso, podendo pensar sem interferência de outros.

Relato da aplicação da prova (dialogado):

O aluno foi questionado nas seguintes situações:
Os copos apresentam a mesma quantidade de líquidos? ( dois copos iguais , com líquidos de cores diferentes)
O Rafael respondeu que o líquido verde tinha mais que a água. A professora acrescentou um pouco mais do líquido verde até que apresentasse quantidade igual, conforme observação do menino.

Qual copo está mais cheio?
Ao trocar o líquido de copo, Rafael afirmou que o copo maior e mais baixo, apresentava menos líquido que o outro.

E agora, qual o que está mais cheio?
Quando utilizamos um copo mais alto, porém com a mesma quantidade de líquidos, o Rafael afirmou que o copo mais alto apresentava mais líquido, porque era maior

Análise:
Quanto às condutas da criança:
Percebeu-se que a criança não tem noção de conservação de líquidos, pois em nenhum momento deu-se conta de que a quantidade de líquido era a mesma, que somente os copos foram trocados. A criança respondia naturalmente às questões, parecendo convicta às suas certezas, mesmo quando o líquido era novamente colocado no copo igual ao outro.

----------------------------------------------------------------
Também apliquei o teste com outro aluno chamado Matheus , que tem 11 anos e frequenta a 5ª série, ele ficou olhando , demorou para responder o que eu estava perguntando, mas disse tranquilamente, que o líquido continuava o mesmo indiferente se o copo fosse grande ou pequeno, magro ou gordo, fino ou não.
Gostei muito do teste e acho que deveríamos ter tempo de aplicarmos vários testes com nossos alunos para identificarmos em quais estádios eles estão, não só o teste de conservação de líquidos , mas conservação de sólidos e conservação numérica, assim teríamos masi informações para trabalharmos as individualidades de nossos alunos e ajudá-los a progredir no que eles tem maiores dificuldades.

Nenhum comentário:

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios