5 de abr de 2009

Necessidades Especiais!!!!

Após ver e ouvir o vídeo Aspectos Legais e Orientação Pedagógica da interdisciplina , Educação de pessoas com necessidades Educacionais Especiais entendi o quanto é importante o aluno ter atendimento educacional especializado. Acredito que deveria ter atendimento educacional especializado em cada escola, porque daí as famílias não poderiam ter desculpas de não poder levar seus filhos ao atendimento como acontece hoje, porque precisam se deslocar e então colocam a culpa no dia muito quente, ou muito frio, chuvoso, outro filho pequeno, muito cedo ou tarde, compromissos, etc. É muito importante o aluno estar inserido dentro de uma sala de aula normal, mas também é fundamental que ele receba um atendimento pedagógico diferenciado e que também aconteça trocas entre os profissionais envolvidos.
É triste saber que existem Leis que dão amparo para pessoas com necessidades educacionais especiais que não são realmente colocadas em prática, a não ser que os pais procurem seus direitos procurando a justiça . Nossas escolas (prédio físico) estão aos poucos sendo adaptados para receber alunos de "inclusão", mas e nós professores, o que temos que fazer para receber uma formação continuada e adequada, que nos de suporte para fazer um bom trabalho. Cada dia mais o que vemos são professores se exonerando por não darem conta de todos os conflitos que aparecem em sala de aula, porque existem diferentes tipos de "inclusão", atendemos alunos que aparentemente são normais, mas que não conseguem seguir os padrões que a sociedade impõe. Na escola que trabalho neste primeiro mês escolar 3 professoras pediram para trocar de escola ou preferiram se exonerar do que trabalhar com a realidade que se apresentou e que infelizmente é diferente da realidade que estavam acostumadas, "que estamos acostumados". Os valores não são mais os mesmos e tentar fazer prevalecer o que "eu" como pessoa acho que é certo, muitas vezes não funciona.
Na comunidade que trabalho os alunos são excluídos da sociedade, só pelo fato de onde moram, VILA PAIM, são vistos como meninos de rua , ou nem vistos. Então é importante no ambiente escolar que ele se sinta sujeito, onde possa conversar, que receba atenção, que construa combinações, que saiba até onde o professor pode ir e até onde ele pode ir, todos num mesmo espaço convivendo e respeitando a individualidade de cada um..

Um comentário:

Rose disse...

Olá Marta!
Trabalhar com necessidades especiais não é algo fácil,mas deveriam ter mais profissionais como tu que luta por uma causa justa que é integrar esses indivíduos a sociedade. Se cada educador fizesse a sua parte como estás fazendo, as diferenças seria minimizadas e bem trabalhadas. independente da classe social.
Um abraço, Rose

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios