28 de mar de 2008

Interdicisplinas!!!


Realmente existe uma interdisciplinaridade no nosso curso, por que uma disciplina tem a ver com a outra. Como pensar em Ciências, sem lembrar de Matemática, de Estudos Sociais ou de Português . Lendo e pensando sobre a primeira atividade quanto a classificação e seriação de matemática automaticamente imaginei várias atividades globalizando as disciplinas. Minha atividade consiste em trabalhar com rótulos de coisas que as crianças tem em casa que compram normalmente, assim teria um material riquíssima, onde envolveria contagem, tipo de conteúdo de cada embalagem, de onde elas vieram, onde foram feitas, como é escrito , o que dá pra ler, peso, medida,tipo, forma, pra que serve..........enfim.
Tudo na vida se encaixa, assim na aprendizagem, somos um todo, não há como haver uma separação, uma ruptura. É difícil entender como ainda hoje a educação se dá por pedaços, já que ela é contínua e aumentativa, cada vez mais recebemos informações e juntamos com a que temos pra poder transformar o que já sabemos.

Adoro e acho que a Educação deveria ter como base os conhecimentos gerais, todos deveriam saber de tudo um pouco, como os médicos de antigamente, porque hoje em dia se é problema no coração é com um especialista, se é pulmão é outro, mas nosso corpo é um só, assim como também a aprendizagem, precisamos saber de tudo um pouco e nos aprofundarmos naquilo que no momento está nos chamando mais a atenção. Só que a aprendizagem ainda visa notas , conceitos, provas, pareceres de professores que muitas vezes nem conhecem seus alunos, nem a realidade que eles vivem, os valores são diferentes , as necessidades não são as mesmas.

Penso que a aprendizagem deveria ser prazerosa e ir de encontro ao que a criança tem curiosidade, não precisaria ser dado muitos conceitos e informações desnecessárias que a criança não conseguisse absorver naquele momento, mas sim ir sendo aprofundado no decorrer do tempo, conforme a necessidade que a criança fosse tendo.
Sou apaixonada por matemática , gosto de ciências, não gosto muito de geografia, mas sim de história, porque todos temos uma história para contar e ouvir. Precisamos ter a curiosidade de ir além , de saber mais , de ouvir outras opiniões e não repetir exatamente o que foi nos dito.

Um comentário:

Maxi disse...

Belo registro!

Concordo com as tuas idéias Marta.
Está mais do que na hora de rompermos com o ensino, o fazer, o sentir, o aprender e o próprio ser tão compartimentado e mecanizado. É tempo de sentir as relações e a elas arriscarmo-nos! Isso implica coragem, causa angustia, mas é necessário..

Continuemos a caminhada.. :)

Maximira Carlota
TUTORA SI4 PEAD-FACED UFRGS

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios